Domingo, 21 de Outubro de 2018    Responsável: Jota Oliveira    Fone: 67 9988-5920

PMA autua pescador por pesca predatória e com petrechos proibidos


Trabalhando em fiscalização no rio Verde, PMA autua pescador por pesca predatória com petrechos proibidos. (FOTO: PMA)

Policiais Militares Ambientais de Três Lagoas, que trabalham na operação pré-piracema, realizavam fiscalização fluvial no rio Verde, no município de Brasilândia e autuaram um pescador por pesca predatória. O infrator foi surpreendido ontem (3), quando acabara de sair do rio, em uma embarcação para o condomínio Beleza do Rio Verde, onde estava seu veículo Chevrolet S10.

O homem iniciava a pescaria e no local foram apreendidos: 3 kg de pescado, por haver exemplares abaixo da medida permitida (crime ambiental), três boias e um anzol de galho (petrechos proibidos), um motor de popa, um barco e uma carretilha com vara. O infrator foi autuado administrativamente e foi multado em R$ 1.060,00. Ele também responderá por crime ambiental, que prevê pena de um a três anos de detenção.

Operações preventivas como a pré-piracema é fundamental. A grande vantagem da fiscalização preventiva é prender os que insistem em desrespeitar a lei, antes de capturarem grandes quantidades de pescado, como foi o caso em questão. Em vários casos, criminosos podem depredar cardumes, utilizando-se de redes de pesca, que são petrechos com grande capacidade de captura de pescado e, por essa razão, são proibidos no Estado, mesmo com a pesca aberta. (Com informações Ascom PMA/MS).


Fonte: Ascom PMA/MS