Quarta-Feira, 19 de Dezembro de 2018    Responsável: Jota Oliveira    Fone: 67 9988-5920

Segurança na carreira e status da PF atraem candidatos a vagas


Portões fecharam às 13h09 (FOTO: Izabela Sanchez)

A segurança na carreira e a atual visibilidade da Polícia Federal no país, motivaram candidatos de todo Mato Grosso do Sul para a primeira fase do concurso que visa preencher 500 novas vagas para agente, perito criminal, escrivão, delegado e papiloscopista. Nesta tarde, os portões para as provas objetiva e discursiva fecharam às 13h09.

Nesta tarde, o clima para os candidatos que chegavam na Uniderp, um dos pontos de prova, era de tranquilidade. Os portões que deveriam fechar às 13 horas, ficaram alguns minutinhos a mais abertos, permitindo que os “atrasadinhos” conseguissem entrar.

Motivado pela carreira e na oportunidade de ingressar na Polícia Federal, o engenheiro da computação Fábio Willian Sales de Souza, de 26 anos, chegou minutos mais cedo, para não correr risco de perder a prova.

“Principalmente nessa situação em que o país está. Nos últimos anos a Polícia Federal está mais exposta, de maneira positiva, principalmente com esses crimes de colarinho branco. Está tendo um maior reconhecimento”. Fábio disputa a vaga de perito criminal da área 3.

Assim como o engenheiro, Leonardo Santos Flores, de 29 anos, se baseou no estabilidade da carreira para estudar e prestar o concurso. “É um trabalho bastante motivador, muito interessante”, reforçou o servidor público que nessa tarde tenta uma vaga como agente federal.

Além da estabilidade profissional, o engenheiro civil Rafael Portila, de 33 anos, vê na Polícia Federal uma maneira de colocar o Brasil no caminho certo. “É uma das poucos instituições que têm credibilidade no país. A Polícia Federal está mostrando para que é investido o dinheiro ministério da justiça. Espero uma carreira de muito trabalho para colocar nosso país no caminho certo”.

Serão oferecidas 150 vagas para o cargo de Delegado de Polícia Federal, 60 vagas no cargo de Perito Criminal Federal, 180 para o cargo de Agente de Polícia Federal, 80 vagas no cargo de Escrivão de Polícia Federal e 30 vagas no cargo de Papiloscopista Federal.

As provas objetivas para agente, escrivão, papiloscopista e perito, começam às 14 horas, no horário de Mato Grosso do Sul. As para o cargo de Delegado de Polícia Federal, aconteceram nesta manhã e continuam nesta tarde com as provas discursiva. (Com informações Campo Grande News).


Fonte: Campo Grande News