Segunda-Feira, 22 de Julho de 2019    Responsável: Jota Oliveira    Fone: 67 9988-5920

PMA autua paulista em R$ 1,7 mil por pesca acima da cota permitida


Pescador paulista é autuado pela PMA por pesca acima da cota permitida. (FOTO: PMA)

Policiais Militares Ambientais de Miranda receberam no Pelotão, na BR 262, uma equipe da Polícia Rodoviária Federal (PRF), do Posto de Guaicurus, que havia abordado ontem (11) à tarde, um veículo Chevrolet S10 com pescado suspeito de irregularidade, que o condutor do veículo havia capturado na região do Passo da Lontra, no município de Corumbá.

Em uma bolsa térmica havia diversos exemplares de peixes, pesando 50 kg, que analisados estavam dentro dos tamanhos de captura e teriam sido capturados com petrechos legais, porém, o pecador não possuía licença de pesca e o pescado estava acima da cota permitida que é de 5 kg, mais um exemplar e cinco piranhas. O pescado e o veículo foram apreendidos.

O pescador, residente em Palmares Paulista (SP) foi encaminhado pela PRF e PMA, juntamente com material apreendido, à delegacia de Polícia Civil de Miranda, onde ele foi autuado em flagrante por crime ambiental de pesca e transporte de produto da pesca predatória. A pena para o crime é de um a três anos de detenção. Também foi lavrado um auto de infração administrativo e aplicada multa de R$ 1.720,00 contra cada autuado pela equipe da PMA. O pescado será doado para instituições filantrópicas depois de periciado. (Com informações Ascom PMA/MS).


Fonte: Ascom PMA/MS